Pages

Subscribe:

Labels

terça-feira, 27 de março de 2012

Crítica do Filme Jogos Vorazes

Fala pessoal!

Agora que estou terminando as últimas revisões dos meus livros, quero retomar o blog de uma vez por todas.

Sem delongas, vamos ao que interessa:





Tive a oportunidade de assistir a estréia de Jogos Vorazes nesse final de semana e confesso que tinha grandes expectativas para o filme. Primeiro por ser o filme do melhor livro que li depois de Harry Potter (O primeiro livro da série!! Não achem que foi A Esperança rs), mas também por causa dos empolgantes trailers que foram disponibilizados ao longo dos meses.

Uma semana antes já tinha conferido um pouco do filme em um evento realizado pela Paris Filmes à fãs da série, mas nada se comparou ao que vi no cinema.

Para começar posso dizer que o saldo foi positivo. O Filme é 95% fiel ao filme e não decepciona quando é encantar aqueles que são fãs da série. Ninguém pode reclamar que "acabaram" com o filme como fizeram por exemplo com Percy Jackson. Os atores interpretaram bem seus papéis (Amei a Effie Trinket!), os efeitos estavam bons, a trilha agradou e todos os principais acontecimentos foram tratados com excelência.

Senti falta da Katniss surda depois da explosão da Cornucópia e do Peeta perdendo a perna (A maior falta), mas sei que algumas coisas foram alteradas por causa da classificação etária no cinema. Por outro lado, achei que a cena em que a Katniss ganha o tordo da Prim e não da amiga foi muito bem escolhida e acho até que essa cena deveria vir no livro e não a original. Primeiro porque a amiga da Katniss é inútil para a série e depois porque com a Prim a cena ganha muito mais sentido. Ponto para os roteiristas.

Mas o que eu não gostei foi a forçada de barra que deram no Gale. Tudo bem que há esse triângulo amoroso, mas primeiro que é forçado e não cativou nenhum telespectador. Segundo que o Gale é completamente inútil no filme e no livro, já que não faz praticamente nada. Foi uma tentativa forçada e infeliz de tentar criar um triângulo numa história cujo foco total está na repressão política e no excesso de exposição das pessoas em reality shows. Esse triângulo poderia passar batido.

Para finalizar achei que a conexão da Katniss com alguns personagens não foi boa, principalmente com a Rue. Tudo bem que foi fiel ao livro, mas ninguém que não tenha lido Jogos Vorazes se emocionou quando ela morreu. Primeiro porque elas tiveram pouquíssimo tempo juntas, segundo pois o mais importante que era o fato da Rue lembrar a Prim não ter sido mostrado no filme. Poderia ter colocado um flashback da Katniss quando ela estivesse com a Rue e já ajudaria. Mais tempo de tela também. Eu não me emocionei.

Com um filme de altos e baixos, Jogos Vorazes passa no seu primeiro teste e nas bilheterias do mundo todo.

Que venha em Chamas!!!



Para quem não sabe a Revista Fantástica está realizando uma competição muito legal chamada "Gincana Fantástica" cujo tema do mês é Jogos Vorazes. Os prêmios além de livros, serão os brindes que ganhei na Paris Filmes que vão de ingressos para o cinema, até camisetas, tordo de bronze e pôster!

Não vão perder né??

Acessem: wwww.revistafantastica.com.br e descubram!

E não deixem de conferir a minha cobertura do evento de fãs de Jogos Vorazes:





Ps: Vou agora no blog tratar de algumas resenhas de coisas que li, além de novidades dos livros e dicas para escritores ok?


Bjssss

9 comentários:

  1. Por que...? Por que...? (imagine uma cena dramática) Não acredito que você deu um Spoiler tão grande, eu não li e não assisti, então na sabia da morte da tal Rue. Chorando litros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxaaa foi mal rsrs.

      Escrevi na empolgação rsrsrs.

      Excluir
  2. Vi hoje, e achei bem legal. Kra, acho que foi porque eu realmente li o livro e gostei muito da cena, mas eu "curti" a morte da Rue; quase que chorei, rsrs, até porque, no filme pelo menos é mostrado o outro lado da história que uma narração em primeira pessoa não dá conta. Por isso, a revolta no distrito depois da morte da Rue foi um cena que realmente adorei.
    Mas pra ser sincero, eu não gostei muito da terceira parte do livro, que é onde começa o romance. Pensei que estava lendo Crepúsculo essa hora lol. Achei um pouco enrolado, mesmo que no filme eles tenham cortado muito dessa parte. Enfim, nem sei qual a história dos outros livros, mas eu ainda prefiro o Battle Royale lá do Japão.

    ResponderExcluir
  3. Hoje eu já li os 3 livros, mas quando vi o filme nem sabia da existência, e eu achei a morte de Rue bem emocionante (ela era tão fofinha), quase chorei e minha irmã chorou de verdade, haha (a menina que estava do lado dela também).Gostei do filme, me atiçou a vontade de ler os livros, o que eu fiz em menos 2 duas semanas (uma experiência agradável). É bom ver personagens mais profundos e uma história mais consistente em uma filme teoricamente direcionado para adolescente. Bem, escrevi a minha opinião sobre o filme no meu blog se alguém quiser dar uma olhada:
    http://singularpqu.blogspot.com.br/2012/04/jogos-vorazes.html

    ResponderExcluir
  4. Schulai, quando vi que você havia feito uma crítica do filme decidi assistir primeiro e depois ler o que escrevera, para depois concordar ou não contigo. Serei breve, não li o livro, não sou fãzete desses filmes e, sendo bem imparcial, o filme é fraco demais! Você diz que o foco do filme é a repressão política e excesso de exposição das pessoas...isso mal é citado no filme, parece ser apenas uma desculpa para uma sequência de cenas dignas de Malhação(ou nem tão dignas assim...). Resumindo, não há discussão profunda de temas importantes, não há diálogo inteligentes, não há o devido cuidado com o período de preparação dos "escolhidos" para os jogos, e principalmente, não há climax...o filme não empolga na porcaria da luta pela sobrevivência!! São minutos arrastados de cenas bonitinhas e conclusões ridículas...como a cena medíocre do pessoal tentando caçar a menina(lição de como NÃO criar um vilão...ou criar um de Malhação...) e a vergonhosa luta final do filme...e a conclusão? meu deus, é o pior final em tempos...são tanto defeitos que nos resta ficar com efeitos especiais e qualquer outro artifício técnico...são tantas bobagens que nem vale a pena...
    eu devo estar velho...ou não tenho mais paciência com essas bobagens...
    Acho que deu pra diminuir minha indignação...joguei dinheiro fora...
    P.S.: O personagem do treinador dos garotinhos do distrito 12 ficou legal, engraçado...alguns momentos legais do filme...
    Ah, e eu acho que o pessoal se emocionou com a morte da menininha que veio do nada e se apaixonou do nada pela protagonista

    ResponderExcluir
  5. Achei lamentável esse filme, Jogos Vorazes. Como crítica à sociedade, ele até funciona. Mas como diversão infanto-juvenil é lastimável.

    ResponderExcluir
  6. Tenho de concordar com o Renan. Acho que realmente estou ficando velho, ou vai ver que na minha época nós havia obras muito mais interessantes para serem apreciadas (Star Wars, O Corvo, Laranja Mecânica, Senhor dos Anéis) e por comparação essas estorinhas tipo Crepúsculo e esse Jogos Vorazes parecem muito sensacionalistas e superficiais aos meus olhos. Apesar de que hoje em dia ainda tem surgido obras muito boas e muito bem produzidas (Anjos da noite e Resident Evil, por exemplo)

    ResponderExcluir
  7. Eu preferi ler o livro antes de assitir o filme. Confesso que fiquei super empolgada e não conseguia parar de lê-lo. Portanto, fiquei empolgadíssima para ver o filme, e afirmo que fiquei muito triste quando o vi. Eu esperava muuuuuuito mais. Acho que a atriz escolhida para fazer a Katniss não foi uma boa escolha. Ela não foi voraz e valente,nem esperta como Suzane descreveu. Eu achei a trilha sonora fraquinha, não teve uma música que caracterizasse o filme. Além de mostrar muito pouco a história de Rue. O romantismo dela com o Peeta foi fraquíssimo, apesar deles estarem "fingindo". Eles tentaram resumir o livro, e acabaram tirando as partes mais emocionantes e interessantes. Senti falta de muitas partes como quando Katniss tenta chegar perto de Peeta quando são retirados da arena, sabe ? Quando trancam ele em algum lugar para cuidarem dele e ela é drogada porque grita com todos porque queria ficar com ele. Algo assim. Não recordo muito bem. Além da história da garota que fugia mais seu amigo/namorado e são pegos. Ela acaba "perdendo" sua língua quando é capturada. Eu senti falta de muuuuuita coisa e não gostei tanto do filme assim. Eu recomendo que leiam só os livros e esqueçam o filme.

    ResponderExcluir
  8. "O melhor filme que eu li, depois de Harry Potter..." Sem comentários.

    ResponderExcluir